Aplicação Espiritual: Catavento

 
Aplicação Espiritual: 
O catavento representa a nossa vida, frágil diante das diversidades...
 
 
 
O vento pode ter dois significados:
 
1 – Brisa: representando o espírito santo.
 
O Cata-vento só tem função na presença do vento, assim como a nossa vida só tem sentido na presença de Deus.
 
O Deus, tu és o meu Deus, de madrugada te buscarei; a minha alma tem sede de ti; a minha carne te deseja muito em uma terra seca e cansada, onde não há água; (Sl 63:01)
 
 
Assim como o cervo brama pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus! (Sl 42:1)
  
O Senhor me fez entender que existem várias formas de o Senhor se apresentar na nossa vida e essa forma é decidida pela situação em que nos encontramos.
 
Na brisa, o Senhor vem para nos fortalecer, nos encorajar, nos consolar...
 
O Senhor falou com Elias com voz mansa e delicada, como uma brisa suave e serena, porque a situação assim o exigia... Elias estava desgastado com a situação... para nós, humanos, ele estava em crise de depressão pedindo ao Senhor que o fizesse morrer naquele momento (1 Reis 19:4... Mas esse não era o momento designado por Deus, por isso precisava confortá-lo...
 
E nessa mesma passagem bíblica, há outras formas que o Senhor também se manifesta... Vamos refletir um pouquinho...
E Deus lhe disse: Sai para fora, e põe-te neste monte perante o SENHOR. E eis que passava o SENHOR, como também um grande e forte vento que fendia os montes e quebrava as penhas diante do SENHOR; porém o SENHOR não estava no vento; e depois do vento um terremoto; também o SENHOR não estava no terremoto;
 
1 Rs 19:11-12 E depois do terremoto um fogo; porém também o SENHOR não estava no fogo; e depois do fogo uma voz mansa e delicada. 
 
terremoto vem para destruir, para decidir, para colocar finalizar..
 
E eis que houvera um grande terremoto, porque um anjo do Senhor, descendo do céu, chegou, removendo a pedra da porta, e sentou-se sobre ela. Mt 28:2
 
O Senhor não estava no terremoto para Elias, porque o objetivo não era destruir nada, finalizar nada... O Senhor não promete uma vida sem problemas, e sim que Ele estará conosco todos os dias até a consumação dos séculos... (Mt 28:20)... Porém, há momentos que Ele vem para decidir...
 
fogo serve para consumir, isto é destruir, apagar, purificar.
Porque o nosso Deus é um fogo consumidor. Hb 12:29
Toda a coisa que pode resistir ao fogo, fareis passar pelo fogo, para que fique limpa, todavia se purificará com a água da purificação; mas tudo que não pode resistir ao fogo, fareis passar pela água. Nm 31:23
 
Elias, mesmo deprimido, não estava em pecado, por isso o fogo nesse momnto não justificativa... Mas há momentos que nós precisamos passar pelo fogo, para sermos purificados...
 
2 - O Vento forte, no sentido de ventania, de provas, diversidades,
 
Nesse contexto, o cata-vento tem estrutura frágil, mas Deus, como conhecedor de nossa estrutura promete que não haverá prova que a nossa frágil estrutura não possa aguentar... e que se ele permitir que o vento soprasse, é porque tem um propósito a fazer...
 
Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra
E invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás. Sl 50:15
 
Então clamam ao SENHOR na sua angústia; e ele os livra das suas dificuldades.Sl 107:28
 
Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração;Rm 12:12
 
Vão indo de força em força; Sl 84:7
 
Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. 1 Ts 5:18
 
E que essa tempestade, mesmo que não sabemos os motivos aparentes, tem sua serventia, utilidade...
Não podemos esquecer que há tres tipos de tempestades
 
  1. há aqueles resultados de nossas escolhas (como a que ocorreu com Jonas); 
  2. há os permitidos por Deus para a sua Glória (E Jesus, ouvindo isto, disse: Esta enfermidade não é para morte, mas para glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela. Jo 11:4 ). 
  3. E há os que que são promovidos pelo inimigo de nossas almas, como aconteceu com Jó.

 
Contudo, nada acontece por acaso:
"Não se vendem dois passarinhos por um ceitil?
e nenhum deles cairá em terra sem a vontade de vosso Pai.
E até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados.
Não temais, pois; mais valeis vós do que muitos passarinhos." Mt 10:28-31
 
Independente da tempestade, Deus tem um propósito, um objetivo para nossa aprendizagem
“E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência,
E a paciência a experiência, e a experiência a esperança.
E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está 
derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.” Rm 5:3-5
 
Então, amados, aprendamos a descansar no Senhor. 
Deus é aquele que cuida de nós, mesmo sendo nós frágeis como um cata-vento...
 
Créditos: Tia Sandrinha
Ilustrações: Alayne Krys - Blog http://alaynekrys.blogspot.com.br